Lubrificantes industriais

A produção industrial brasileira registrou, em 2017, um sensível aumento de 2,5% (IBGE). Grande parte dos setores industriais mostraram recuperação em relação aos índices de atividades registrados no ano anterior, destacando-se as indústrias automotiva e extrativa como contribuidoras para o resultado positivo de 2017.

Segundo estatísticas da Anfavea, a produção total de autoveículos se recuperou das quedas sofridas nos últimos três anos, tendo alcançado, em 2017, o patamar de 2,2 milhões de unidades, sendo 1,9 milhão de automóveis e 384 mil de veículos comerciais, aí incluídos os comerciais leves, caminhões e ônibus.

Na linha de lubrificantes industriais, os efeitos do início do processo de recuperação da atividade econômica, como já comentado anteriormente, resultaram em um sensível aumento de 4,6% do volume comercializado em 2017. Os crescimentos regionais, alguns deles expressivos, aconteceram nas quatro principais regiões: Sul (10,8%), Nordeste (9,7%), Centro-Oeste (4,2%) e Sudeste (2,9%). A única contração de consumo ocorreu na região Norte, onde foi registrada uma redução volumétrica de 2,2%.

VENDAS POR REGIÃO – LUBRIFICANTES INDUSTRIAIS

Fonte: FGV

PRODUÇÃO INDUSTRIAL BRASILEIRA (VARIAÇÃO %)

Fonte: IBGE